Varejo de vestuário crescerá 7% em 2012, diz pesquisa

03/09/2012 - O aumento deve movimentar R$ 160,5 bilhões este ano

 

          O varejo de vestuário deve movimentar R$ 160,5 bilhões neste ano, alta de 7% em relação ao ano passado, de acordo com estudo realizado pelo Iemi Inteligência de Mercado em parceria com a Associação Brasileira do Varejo (ABVTEX). Em volume de peças vendidas, o estudo aponta acréscimo de 3,4% na comparação com o ano anterior.

 

          Marcelo Prado, diretor do Iemi, explica que a maior parte dessa expansão deve ser notada no segundo semestre, já que os primeiros seis meses de 2012 foram fracos, especialmente em função das altas temperaturas que impactaram as vendas da coleção outono/inverno. De acordo com ele, no primeiro semestre o varejo de vestuário cresceu cerca de 1% em relação ao mesmo período de 2011 devido à alta base de comparação e ao cenário desafiador neste começo de ano. "O impacto do segundo semestre deve ser melhor porque no ano passado neste período o setor, assim como a economia em geral, sofreu uma desaceleração", disse.

 

          De acordo com o Estudo dos Canais de Varejo, as taxas são inferiores à média dos últimos cinco anos. Entre 2007 e 2011, o consumo de artigos de vestuário aumentou 24,1%, sendo que aproximadamente 90% partiu da produção nacional. "Apesar do cenário atual, o varejo de vestuário brasileiro mostra forte potencial de crescimento. O Brasil deve triplicar esse mercado em mais uma geração", prevê Prado.


Portal Diário do Grande ABC


Voltar

Praça Shopping | São José do Rio Preto | São Paulo © 2013 - Todos os direitos reservados