Vendas do comércio avançam 13,4% em agosto

06/09/2012 - Comparativo se refere ao mês de agosto de 2011; bom resultado é um prenúncio de um segundo semestre de maior dinamismo

 

          As vendas do comércio varejista cresceram em agosto deste ano, frente ao mesmo mês do ano passado, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, divulgado nesta quinta-feira (6).

 

          O indicador mostra que, no mês passado, houve um aumento de 13,4% nas comercializações do varejo, na comparação com agosto de 2011. No acumulado do ano, as vendas do comércio varejista cresceram 8,8% na comparação com o mesmo período do ano passado. Frente a julho, houve alta de 2%, descontadas as influências sazonais.

 

Automóveis puxam o resultado

 

          O bom resultado registrado foi influenciado, principalmente, pela alta de 16% frente ao ano anterior na categoria automóveis. Segundo os economistas da Serasa Experian, o setor foi favorecido, principalmente, pela prorrogação por mais 60 dias da redução do IPI, que promoveu uma corrida de consumidores às lojas especializadas. Na comparação com o mês de julho, o crescimento desta categoria foi de 11%.

 

          Além deste segmento, o mês de agosto também foi de crescimento nos demais setores do varejo nacional, onde o setor de material de construção se destacou, com alta de 12,2% frente ao mesmo período de 2011. Os segmentos de móveis, eletrônicos e informática, assim como o de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas também registraram altas atingindo, respectivamente, 11,8% e 8,8% na comparação anual.

 

          Segundo os economistas da Serasa Experian, a exemplo do que ocorreu em julho de 2012, a alta da atividade varejista de agosto reforça os prognósticos de um segundo semestre com maior dinamismo econômico, motivado pelas reduções das taxas de juros, pelo recuo gradual da inadimplência e pela manutenção de patamares baixos da taxa de desemprego, garantindo continuidade de expansão real da massa de rendimentos.

 

Sobre o índice

 

          O indicador da Serasa tem como base o banco de dados da Serasa Experian. A partir da metodologia de cálculo do PIB, apresentada pelo IBGE em 2007, na qual o comércio passou a ser, individualmente, o setor com maior participação na geração do valor adicionado da economia brasileira, respondendo por 11%, a entidade percebeu que é de fundamental importância dispor de mais indicadores, destinados a mensurar a evolução deste setor da atividade econômica do País.


Portal InfoMoney


Voltar

Praça Shopping | São José do Rio Preto | São Paulo © 2013 - Todos os direitos reservados